Número de carteiros é insuficiente para solucionar atrasos, diz sindicato de Campinas

A falta de funcionários nos Correios causa transtornos para a população de Campinas e região. O concurso que deve ser realizado em maio para preencher novas vagas, não deve resolver o problema, segundo o sindicato dos trabalhadores que considera o número de novos funcionários destinados para a região é insuficiente.

As cidades que registram atrasos e dificuldade nos atendimentos de entrega de correspondência são: Campinas, Indaiatuba, Paulínia e Cosmópolis.

As vagas, segundo o edital são divididas por regional. Para a regional de Campinas, que inclui cinco cidades estão previstas 77 vagas de carteiros. De acordo com o sindicato, para Campinas o ideal seria contratar 80, Indaiatuba 25, Hortolândia 10, Paulínia 11 e Sumaré 12.

O caso mais grave é o de Cosmópolis, em que a regional deve receber duas vagas para atender três cidades. Como a distribuição de correspondências no local está comprometida, para o sindicato a cidade precisaria de pelo menos de mais sete carteiros para normalizar a situação.



Apesar dos números mostrados na reportagem, a assessoria de imprensa dos Correios, em Brasília, afirma que o concurso do mês que vêm deve resolver o problema da demora nas entregas. Sobre o levantamento feito, eles disseram que ele mostra o número de vagas necessárias, mas se ficar constatada a necessidade de mais funcionários, novas vagas podem ser abertas.

Fonte: EpCampinas

Número de carteiros é insuficiente para solucionar atrasos, diz sindicato de Campinas
Rate this post




Deixe seu comentário